Começa vistoria para renovar alvará de circulação dos táxis de Salvador

salvador
16.06.2023, 14:13:00
(Jefferson Peixoto/Secom )

Começa vistoria para renovar alvará de circulação dos táxis de Salvador

Veja horários, locais e documentação

Os permissionários de táxi de Salvador já podem fazer a vistoria anual obrigatória para renovação de alvará de circulação. Os quase 7 mil taxistas que rodam em Salvador têm até o dia 10 de novembro para comparecer ao pátio da Coordenadoria de Fiscalização e Administração de Táxis e Transportes Especiais (Cotae), nos Barris. É necessário levar a documentação exigida, de acordo com o calendário. 

As vistorias acontecem de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13h às 16h30, mediante agendamento prévio e seguindo o calendário estabelecido. O valor do serviço é de R$ 107,30e os veículos devem estar em conformidade com a padronização obrigatória, além de apresentar os requisitos de segurança (triângulo, chave de roda e estepe), higiene, conservação e condição de trafegabilidade. 

Os permissionários, no ato da vistoria, devem apresentar certificado da última aferição, cartão de identificação, selo GNV, pagamento da contribuição sindical, licenciamento atualizado e licença de veiculação do Engenho de Publicidade em Táxi. Além disso, devem levar documentos pessoais, como comprovante de residência, carteira de identidade e de habilitação. 

Os veículos devem ter faixas paralelas horizontais pintadas na carroceria, nas cores azul arara e vermelho ibérico, com 5,5 cm de largura e 1,0 cm de distância entre ambas. O número do alvará deverá ser pintado nas laterais do carro, entre as faixas, e na parte traseira, no canto superior direito, ambos com 8,0 cm de altura, e letras do tipo futura medium, também na cor azul arara. 

Taxista há quase 15 anos, João Bonifácio, de 66 anos, foi um dos motoristas que estiveram no local na manhã da quarta-feira (14), para realizar a vistoria. “Eu sei que a fiscalização é intensa e rigorosa, por isso, ando sempre com o carro em dia. Essa é uma medida que traz segurança para mim e para os meus passageiros. Quando chega a época da renovação de alvará eu não só me dirijo ao pátio como também lembro e influencio meus colegas taxistas a virem para que ninguém tenha prejuízos”, explica. 

Fábio Couto, de 47 anos, trabalha em um ponto fixo no aeroporto de Salvador, um dos mais movimentados da capital baiana, e relata o rigor e o nível de exigência dos passageiros que transporta em seu veículo. “O turista que chega de viagem no aeroporto chega muito preocupado com a segurança do transporte e o alvará serve justamente para isso, facilitar a identificação do veículo, mostrando que de fato o táxi é um transporte regulamentado, fiscalizado e seguro para ser utilizado. Por isso, é muito importante manter não somente o alvará, mas todas as outras funcionalidades do carro em dia”, conta o taxista. 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas